A liberdade de escrever e registrar momentos


Desde muito pequena tenho em mim esta paixão pela escrita, sempre gostei de escrever para liberar os meus sentimentos e eternizar os momentos da vida. Sempre que alguma coisa acontecia eu corria para o quarto e registrava tudo em um dos meus vários diários. Escrever era o meu refúgio, era quando eu tinha o meu momento, onde eu poderia ser quem eu quisesse, sem julgamentos ou sem preocupações. O momento em que eu fechava meus olhos e me imaginava vivendo os sonhos mais loucos do mundo e depois, eternizava tudo no papel. Muitas das vezes enquanto escrevia uma lágrima ou outra caia, mas mesmo assim nunca deixei de eternizar e registrar todos os passos que eu percorria durante a longa estrada que chamamos de vida. Mas, com o passar dos anos resolvi que era hora de compartilhar com o mundo quem eu era, de retirar das gavetas os meus sentimentos e descobrir que eu não estava sozinha. E eu realmente não estava. Descobri novas pessoas, mas com sentimentos e historias que eu já conhecia. Descobri novos lugares, vivi novas experiências, e tudo isso graças ao amor que eu tinha pela escrita e por compartilhar os meus sentimentos. Mas, com o tempo, percebi que compartilhar já não estava sendo a minha maior inspiração e que eu já não estava mais me sentindo tão completa. Era hora de voltar, dar um passo para trás e entender melhor o que estava acontecendo. Era hora de escrever novamente para mim e guardar certas coisas na gaveta. Quando você se abre desta forma na internet, mesmo que você não tenha ainda milhões de seguidores, é importante você estar ciente das responsabilidades de escrever abertamente, e do quanto isso pode te afetar ao longo do caminho. Talvez você ainda não esteja preparada para se abrir e deixar que as pessoas vejam através de você. E isso pode afetar a sua liberdade. A sua liberdade de pensamentos. Você começa a se questionar sobre os seus sentimentos e acaba percebendo que não está sozinha, mas que ao mesmo tempo não está acompanhada, se é que me compreende. A internet é um mundo louco, onde as pessoas estão juntas, mas ao mesmo tempo separadas. E é importante você compreender isso. Escrever para mim é muito mais do que apenas jogar palavras na internet, então se eu resolvi parar por um tempo foi porque percebi que não estava sendo eu, e sim mais uma pessoa escrevendo na internet. E agora resolvi voltar. Resolvi abrir novamente minhas gavetas e o meu coração. Na verdade, sempre fui e sempre serei Escritora de Gaveta, mas desta vez muito mais certa do quanto quero compartilhar com vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, selecione a opção NOME/URL caso não queira que o seu comentário fique anônimo.

Obrigada por estar comentando! ♥ Ah, você também pode comentar usando o seu facebook!

Todos os comentários aguardam por aprovação, assim posso responder e ler todos eles.